Portuguese Chinese (Simplified) English French German Italian Japanese Russian Spanish
Reconhecimento reforça que atividade no terminal de cargas do Aeroporto Internacional Tom Jobim proporciona maior previsibilidade no fluxo do mercado internacional e aprimora processos da cadeia logística brasileira O RIOgaleão Cargo acaba de se tornar um Operador Econômico Autorizado (OEA) na modalidade segurança, certificação concedida pela Receita Federal do Brasil (RFB). Com essa conquista, o terminal de cargas do Aeroporto Internacional Tom Jobim passa a ser o único entre aeroportos brasileiros a contar com o reconhecimento e reforça sua importância como elo da cadeia logística, legitimando o baixo grau de risco em suas operações de comércio exterior, em termos de segurança. Além disso, o RIOgaleão Cargo passa a ser um parceiro estratégico da Receita Federal do Brasil, proporcionando maior previsibilidade no fluxo do mercado internacional e consequente impulsão em investimentos na economia brasileira. Para se tornar um Operador Econômico Autorizado, o RIOgaleão começou a trabalhar nos requisitos e diretrizes da…
O Terminal de Logística de Carga (Teca) do Aeroporto Atlas Brasil Cantanhede, em Boa Vista, passou a ser operado pelo Consórcio Ponta Negra Soluções Logísticas e Transportes no dia 28 de novembro. A companhia vai gerenciar todas as atividades de armazenagem e movimentação de cargas internacionais e nacionais realizadas no local. Vale lembrar que dois dias antes o mesmo consórcio passou a operar também o Teca do Aeroporto Lauro Carneiro de Loyola, em Joinville (SC). A licitação para operação dos terminais faz parte do posicionamento estratégico da Infraero que prevê a exploração comercial dos complexos logísticos situados nos aeroportos que administra. O contrato de concessão do Teca do aeroporto da capital do estado de Roraima foi assinado no dia 13 de julho, com vigência de 120 meses e valor global de R$ 3.471.500. O complexo logístico foi inaugurado em 1º de outubro de 2012, impulsionado pela criação da Área de…
O Tribunal de Contas da União (TCU) pediu ajustes nos editais dos próximos aeroportos que o governo pretende leiloar ainda neste ano. As determinações devem ser atendidas pela Secretaria de Aviação Civil (SAC), para que os textos definitivos sejam publicados. O governo ainda acredita que dê tempo de licitá-los até dezembro. Na análise técnica realizada pelo tribunal, documento que deverá embasar o voto do relator do processo na corte de contas, o relatório não faz nenhum apontamento grave e, a partir de algumas mudanças, dá sinal verde para que os editais sejam publicados após algumas alterações. Como o material foi concluído na última sexta-feira, ainda não há confirmação sobre quando o ministro Bruno Dantas levará o processo para votação do plenário da corte. O governo tem a expectativa de que isso ocorra nas próximas semanas. Os investidores pedem pelo menos 80 dias de prazo entre a publicação do edital e…
Mudança faz parte do novo posicionamento estratégico do terminal aéreo O Aeroporto Internacional de Cabo Frio, no Rio de Janeiro, passou a se chamar Cabo Frio Airport, como parte de seu novo posicionamento estratégico depois da mudança do controle acionário, no início do ano. O nome busca explorar ainda mais a relação com clientes de outros países e reforçar a importância do aeroporto na atuação como polo de desenvolvimento de comércio exterior e turismo. Localizado próximo às regiões petrolíferas mais importantes do país, o Cabo Frio Airport opera não só com o mercado offshore, mas representa também uma importante plataforma de comércio exterior para o estado do Rio de Janeiro e para a Região Sudeste do Brasil. “Nós sempre tivemos e teremos uma participação importante dentro do setor de óleo e gás. Recentemente, assinamos um convênio de cooperação com o Porto do Forno (RJ) que nos permite oferecer soluções de…
Em pesquisa feita pela consultoria especializada OAG, Aeroporto Internacional Tom Jobim melhorou eficiência em relação ao ano anterior e teve cerca de 85,8% das partidas ocorrendo dentro do horário marcado. O RIOgaleão foi o aeroporto mais pontual em partidas da América Latina em 2017, entre aqueles terminais que recebem entre 10 e 20 milhões de passageiros por ano (além disso, também conquistou a quarta posição mundial). Segundo estudo divulgado pela OAG, empresa especializada em análise de dados aeronáuticos, 85,8% de todas as partidas no Aeroporto Internacional Tom Jobim ocorreram na hora marcada. Esse percentual é melhor que o registrado em 2016, quando 82,2% das decolagens ocorriam dentro do prazo no principal terminal do Rio de Janeiro. A pontualidade das partidas realizadas, no RIOgaleão, em 2017 ante 2016 representou um crescimento de 3,6%. Em média, saem do Aeroporto Internacional Tom Jobim cerca de 170 voos por dia. Praticamente uma partida a…
Congonhas e Eletrobras estão na lista. Os 57 novos projetos devem gerar investimentos de 44 bilhões de reais e ajudar a cumprir meta fiscal O governo federal incluiu 14 aeroportos, 2 rodovias e a Casa da Moeda na lista de privatizações previstas no âmbito do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI). O anúncio foi feito nesta quarta-feira (23) em documento distribuído para a imprensa, com leilões previstos para o ano que vem. Segundo o PPI, os 57 novos projetos devem gerar investimentos de 44 bilhões de reais ao longo do prazo dos contratos. Os valores de outorga, recebidos diretamente pelo governo, devem ajudar a fechar as contas da meta de déficit para 2018, que foi revisada recentemente de R$ 129 bilhões para R$ 159 bilhões. A previsão do ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, é que só os projetos de transporte devem render R$ 8,5 bilhões à…
Documento elaborado pela entidade será entregue para autoridades municipais e estaduais e pede estudo técnico da área afetada pela obra O crescente diálogo que ocorre, desde o ano passado, a respeito das alterações no Aeroporto Lauro Kortz, motivou a manifestação do Comitê Rio Passo Fundo a respeito da obra que aguarda licenciamento ambiental da Fundação Estadual de Proteção Ambiental do Rio Grande do Sul – Fepam. Depois de reuniões direcionadas à discussão a respeito do tema, a Comissão Permanente de Assessoramento do Comitê elaborou um documento, aprovado em plenária pela maioria dos membros presentes, e, agora, será encaminhado para o Ministério Público, Prefeitura de Passo Fundo, Secretaria do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável do Rio Grande do Sul e, também, para o Governo do Estado. Baseado na Constituição Federal, na Lei das Águas e na Política Estadual de Recursos Hídricos, o Comitê Rio Passo Fundo vê, diante da proposta de alteração…
Plano de Ação do Ministério dos Transportes destinará recursos para Passo Fundo, Santo Ângelo e Vila Oliva Os aeroportos regionais de Passo Fundo, Santo Ângelo e Vila Oliva, localizado em Caxias do Sul, receberão investimentos de R$ 180 milhões nos próximos dois anos, recursos provenientes do Plano de Ação do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil. O anúncio foi feito pelo secretário nacional de Aviação Civil do Ministério dos Transportes, Dario Rais Lopes, nesta segunda-feira (3). Os primeiros valores irão para o aeródromo de Passo Fundo. Serão R$ 45 milhões para ajustes na pista de pouso/decolagem, melhorias no terminal de passageiros e segurança. De acordo com Lopes, as obras devem ficar prontas em, no máximo, 18 meses. Também para melhorias na infraestrutura, o aeroporto de Santo Ângelo deve receber R$ 15 milhões e Vila Oliva o total de R$ 120 milhões. Atualmente O Programa de Investimentos em Aeroportos Regionais…
Ministério dos Transportes diz que está avaliando com a estatal cada contrato firmado nos aeroportos concedidos em leilão feito em março A decisão da Infraero de fazer licitações de áreas e serviços nos aeroportos recém-concedidos para a iniciativa privada causou mal-estar com o Ministério dos Transportes. Preocupado com possíveis problemas com os grupos que venceram o leilão dos aeroportos de Porto Alegre (RS), Florianópolis (SC), Salvador (BA) e Fortaleza (CE), o governo pediu que a estatal faça um levantamento dos contratos firmados nos quatro terminais no último mês. Fontes do governo afirmam que licitações ainda não assinadas podem ser canceladas e alguns serviços prorrogados até agosto, quando os vencedores dos leilões dos aeroportos assinam o contrato. O objetivo é evitar que o programa de concessão saia arranhado desse processo e prejudique futuros leilões na área de infraestrutura de transportes, como planeja o governo. As licitações feitas recentemente ou programadas pela…