Portuguese Chinese (Simplified) English French German Italian Japanese Russian Spanish
A TCP Log – subsidiária de serviços logísticos da TCP, empresa que administra o Terminal de Contêineres de Paranaguá, realizou a operação de dois grandes transformadores com 120 toneladas cada um. Os equipamentos têm como destino uma usina na cidade de Cartagena (Colômbia) e saíram de Jaraguá do Sul (SC), cidade que fica a aproximadamente a 156 quilômetros de distância de Paranaguá. Alexandre Rubio, diretor Comercial da TCP, explica que a operação, denominada de carga projeto, exigiu um estudo logístico detalhado para que as peças fossem transferidas. “Trata-se de uma operação complexa pelo tamanho e peso dos produtos, o que exigiu um preparo anterior”, exemplificando que o trajeto entre as duas cidades, em condições normais, é de cerca de três horas, mas devido ao tamanho das peças, consumiu três dias. “Os caminhões que transportaram as peças contavam com 50 rodas cada, para dar sustentação aos objetos”, informa. Em Paranaguá, a…
O terminal portuário VIX-30, do Porto de Vitória, será leiloado no dia 22 de março, na Bovespa. Ele pertence à Companhia Docas do Espírito Santo (Cdesa), e a expectativa é de que os recursos arrecadados sejam aplicados em uma nova rodovia. "Propusemos ao ministro (da Infraestrutura) que os recursos arrecadados sejam convertidos em uma nova rodovia de ligação exclusiva ao Cais de Capuaba, em Vila Velha"?, declarou o presidente da Codesa, Luis Claudio Montenegro. Segundo ele, o arrendamento do terminal foi motivado por problemas de abastecimento. "O Espírito Santo tem uma escassez de terminais operando com combustíveis importados. E, com alguns problemas de logística que a Petrobras vem enfrentando, às vezes sofremos com desabastecimento no Estado. E há um potencial enorme para um terminal de granéis no Porto de Vitória"? Montenegro avalia ainda que o leilão será muito disputado. "Existem várias empresas interessadas no terminal. E é uma proposta muito…
Os petroleiros que trabalham na Transpetro, subsidiária da Petrobras no ramo de transporte e logística de combustível, em Santos, no litoral de São Paulo, fizeram uma mobilização na manhã desta segunda-feira (25) na porta do terminal da empresa. Segundo o sindicato que representa a categoria, o protesto aconteceu por que a Transpetro diminuiu o número de operadores. O diretor do Sindicato dos Petroleiros (Sindipetro) do Litoral Paulista, Fábio Mello, informou que, nesta segunda-feira, os trabalhadores que deveriam entrar às 7h e resolveram cruzar os braços. Além disso, os funcionários do administrativo também paralisaram as atividades por duas horas. Segundo o diretor, a mobilização é por conta da redução no número de funcionários e para pedir mais segurança para os trabalhadores. "A empresa retirou um posto de trabalho do painel de operação aqui do terminal. São milhares de metros cúbicos de derivados de petróleo sendo movimentados por dia. É um terminal…
Em agenda com empresários do setor de navegação na última sexta-feira (22), o ministro de infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, projetou que o segmento de apoio marítimo vai ‘surfar na onda’ do setor de petróleo e gás a partir de uma retomada que está em curso. Ele lembrou que houve sete leilões nos últimos dois anos e meio, após mudanças nas regras envolvendo a participação da Petrobras nos blocos do regime de partilha, a manutenção do regime do Repetro e a flexibilização da política de conteúdo local. O ministro destacou que o cronograma de novos certames também foi importante para atração de investimentos no setor de O&G. “Há um calendário nos leilões de partilha que serão preservados. Vamos continuar realizando, pelo menos, dois leilões (de partilha) até 2021 e temos hoje a negociação da cessão onerosa, que está andando bem. Tenho certeza que vai trazer grande impulso para o offshore…
Operação fechou o ano com 680 mil TEUs, um acréscimo de 10,3% em relação ao ano anterior O Porto Itapoá, um dos mais modernos e eficientes terminais de contêineres da América Latina, teve um aumento na movimentação de 10,3% em relação ao ano anterior, chegando a 680 mil TEUs - acréscimo de aproximadamente 70 mil TEUs. No Brasil, este volume de movimentação teve crescimento de apenas 6,9%. Há sete anos, o Terminal apresenta crescimento acima da média do mercado nacional. Entre 2014 e 2017, enquanto o PIB teve um acumulado de 5,9%, o Terminal cresceu 21,5% em volume de TEUs. O destaque em Itapoá no ano de 2018 ficou por conta das importações, que tiveram crescimento de 6,5%; das exportações de cargas dry, com 6,9% de acréscimo; a cabotagem com significativo aumento de 19,5%; e o transbordo com um robusto incremento de 30,2%. Expansão em 2018 Em meados de 2018,…
Contrários à vinculação total nos terminais especializados em contêiner que operam no Porto de Santos (Brasil Terminal Portuário (BTP), Santos Brasil e Libra Terminais)-, trabalhadores ligados ao Sindicato dos Estivadores poderão deflagrar uma greve por tempo indeterminado, a partir das 7h do dia 1º de março. O anúncio foi feito pelo presidente da entidade laboral, Rodnei Oliveira da Silva, durante reunião conjunta realizada na manhã desta terça-feira na sede do Sindicato dos Empregados na Administração Portuária (Sindaport), que contou com a participação de diversos representantes sindicais portuários das várias categorias que atuam no complexo santista. "Vamos levar a proposta de greve para a assembleia que faremos na próxima terça-feira (26) considerando que não nos resta alternativa, sobretudo diante de uma cada vez mais flagrante intransigência dos empresários, que abruptamente interromperam o processo negocial e continuam se negando ao diálogo com a classe trabalhadora", disse o líder da categoria. Prevista para…
A Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp) descartou a empresa que ofereceu a melhor proposta, de R$ 2,6 milhões, para a elaboração do projeto básico das obras de um novo acesso à Margem Direita do Porto de Santos. Agora, a Autoridade Portuária avalia o preço apresentado por outra empresa, que é R$ 1 milhão mais alto. O empreendimento prevê a construção de uma segunda ligação rodoviária entre a Via Anchieta e a Avenida Engenheiro Augusto Barata, conhecida como o Retão da Alemoa, em Santos. Ainda haverá a remodelação de vias que dão acesso a terminais portuários e, ainda, a implantação de um viaduto de 360 metros de extensão. Ele passará por um terreno de 226,7 mil m² que pertencia à antiga Rede Ferroviária Federal S.A. (RFFSA). A Tribuna apurou que 10 empresas se interessaram em realizar o projeto básico da obra. A primeira colocada, Vento Sul Engenharia, cobrou…
O Porto do Itaqui foi o que mais exportou grãos em 2018 entre os portos do Arco Norte, atingindo a marca de 9,8 milhões de toneladas, o equivalente a cerca de 8% da produção do ano. O dado divulgado nesta semana pela Agência Nacional de Transporte Aquaviário (Antaq), associado às projeções de crescimento da safra de grãos em 2019, demonstra o potencial de expansão do porto público do Maranhão. “Nossa expectativa é superar o bom desempenho da movimentação registrada em 2018 e consolidar o Itaqui como melhor opção para escoar a produção de grãos do corredor centro-norte do país”, afirma o presidente do Itaqui, Ted Lago. A projeção é de que neste ano a produção de grãos supere a marca de 2018, chegando aos 234,1 milhões de toneladas, segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), o que representa um crescimento de 2,7% (dados divulgados na terça-feira, 12). De acordo com…
Desde a campanha eleitoral, temos nos deparado com as manifestações do núcleo econômico do governo atual sobre a necessidade de se realizar privatizações de diversas empresas estatais, dentre elas as Companhias Docas. De fato, o que temos presenciado ao longo dos anos, no Brasil, foi a prática usual do fisiologismo político-partidário no preenchimento dos cargos diretivos nas estatais brasileiras, sem o menor pudor! Creio que os reflexos de tal prática se confirmam com a constatação da ineficiência do Estado em determinados setores, notadamente no de Infraestrutura. No caso específico do setor portuário, deparamos ainda com a alteração do marco regulatório em 2013, que representou um significativo retrocesso para o setor portuário. Tal alteração, proposta pelo Poder Executivo, não foi sequer debatida apropriadamente com os setores envolvidos, além de ter tido uma tramitação extremamente célere. Voltamos a ter uma atividade altamente centralizada e regulamentada. Para uma atividade altamente dinâmica e importante,…
Pagina 6 de 226