Portuguese Chinese (Simplified) English French German Italian Japanese Russian Spanish
A movimentação de contêineres no Porto do Rio Grande, nos primeiros três meses de 2018, teve significativo aumento em comparação ao mesmo período do ano passado. No primeiro trimestre deste ano já passaram pelo Porto, 172.327 TEUs, o que representa um aumento de 3,5% em relação ao mesmo período no ano passado onde foram registrados 166.498 TEUs.   A movimentação geral desse tipo de carga no ano passado foi de 743.478 TEUs e teve a Espanha como país de destino com maior volume de exportação com 30.587. Já na importação, a Argentina foi o país com maior movimentação, chegando a marca de 133.112 TEUs.   Fonte: Portos e Navios
Terminal de cargas movimentou 353,7 t de janeiro a março deste ano, crescimento de 67,2% frente ao mesmo período de 2017 O terminal de cargas (Teca) do Aeroporto Internacional de São José dos Campos (SP) armazenou 353,7 toneladas em volumes de janeiro a março. Esse movimento representa um aumento de 67,2% em relação às cargas processadas no mesmo período do ano passado, quando foram contabilizadas 211,5 t. O Teca tem área total de 6.107 m² e sua área de recebimento é de 731 m², com armazéns de 525 m² para cargas de importação e 223 m² para exportação O destaque ficou por conta das importações, com aumento de 88,5%. Ao todo, fora 153,6 t contra as 81,5 t movimentadas nos três primeiros meses de 2017. O terminal de logística de carga de São José dos Campos atende principalmente aos setores aeronáutico, automobilístico, de telecomunicações e de informática. Para o superintendente…
Em busca de sobrevivência, a indústria naval pernambucana dará mais uma prova de que, com apoio político e financeiro, tem condições de produzir embarcações de qualidade. O Estaleiro Vard Promar vai entregar, nos próximos dias, o navio de maior valor agregado já produzido no Brasil. É o Skandi Recife, um navio com tecnologia de ponta que vai auxiliar a Petrobras a se conectar aos novos poços de petróleo do País e, segundo o Ministério dos Transportes, está orçado em R$ 1 bilhão. É um PLSV, navio complexo que faz o lançamento das linhas flexíveis que conectam os poços às linhas de produção de petróleo. Por isso, tem muita tecnologia agregada e alta precisão", explicou o vice-presidente sênior do Estaleiro Vard Promar, Guilherme Coelho. Apesar do porte médio (140 metros de comprimento x 28 metros de largura), esta embarcação também tem uma torre com capacidade para 340 toneladas que faz o…
Em busca de sobrevivência, a indústria naval pernambucana dará mais uma prova de que, com apoio político e financeiro, tem condições de produzir embarcações de qualidade. O Estaleiro Vard Promar vai entregar, nos próximos dias, o navio de maior valor agregado já produzido no Brasil. É o Skandi Recife, um navio com tecnologia de ponta que vai auxiliar a Petrobras a se conectar aos novos poços de petróleo do País e, segundo o Ministério dos Transportes, está orçado em R$ 1 bilhão. É um PLSV, navio complexo que faz o lançamento das linhas flexíveis que conectam os poços às linhas de produção de petróleo. Por isso, tem muita tecnologia agregada e alta precisão", explicou o vice-presidente sênior do Estaleiro Vard Promar, Guilherme Coelho. Apesar do porte médio (140 metros de comprimento x 28 metros de largura), esta embarcação também tem uma torre com capacidade para 340 toneladas que faz o…
Pernambuco entra para a história da navegação marítima como o primeiro estado brasileiro a construir um navio petroleiro Aframax. Com investimento no valor de R$ 250 milhões, o petroleiro Castro Alves de 248 metros de extensão que carrega até 120 mil toneladas, foi construído no Estaleiro Atlântico Sul (EAS), instalado no Complexo Industrial Portuário de Suape. A embarcação foi financiada pelo Fundo da Marinha Mercante do Brasil. Para conferir de perto a grandiosidade do investimento, o ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Valter Casimiro, visitou o EAS na manhã desta segunda-feira (23/04), na companhia do governador Paulo Câmara, do presidente do Complexo Industrial Portuário de Suape, Marcos Baptista, e, dos deputados federais Tadeu Alencar e Betinho Gomes. A visita também foi acompanhada pela imprensa pernambucana. Harro Burmann, presidente do EAS, explicou durante a visita que o Castro Alves será entregue ainda este mês. “Hoje posso dizer que esse navio…
O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) embargou ontem as atividades do Porto do Forno, em Arraial do Cabo (RJ), numa área localizada estrategicamente entre as bacias de Campos e de Santos. A autarquia suspendeu as operações por tempo indeterminado, devido ao descumprimento de 19 condicionantes da licença ambiental, e aplicou multa de R$ 100 milhões. O empreendimento é controlado pela companhia municipal de administração portuária, que tinha um contrato com a empresa Triunfo Logística para terceirizar as operações. Existente desde a década de 20, mas quase não usado, o porto ganhou novas perspectivas com a exploração do pré-sal. Com um píer de 300 metros de extensão, ele se candidatava a movimentar cargas para atividades das petroleiras que atuam nas duas bacias. O problema é que se situa numa região de "alta relevância ambiental", de reserva marinha, e não implantou os programas exigidos na licença…
Companhias transportam mais de 90,6 milhões de passageiros em 2017 e fecham o ano com crescimento de 2,2% Criatividade. Essa foi a palavra de ordem das companhias aéreas em 2017 para superar o período de crise e fechar o ano com índices positivos. Ao longo de todo o ano passado, as empresas investiram em novas rotas e serviços, garantindo o aquecimento do mercado. Segundo balanço divulgado em fevereiro pela Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), foram transportados 98,9 milhões de passageiros em voos domésticos e internacionais em 2017. O número representa uma alta de 2,93% em relação a 2016, quando foram transportados 96,1 milhões de passageiros. E o setor também começou o ano de 2018 com crescimento. Em janeiro, foram transportados 9,6 milhões de passageiros, o que representa uma alta de 3,3% em relação a janeiro de 2017. No mercado doméstico, os embarques cresceram 2,2% em 2017, passando de 88,6…
O Panamá está considerando construir em conjunto com a China uma linha de trem de passageiros até a Costa Rica, um projeto que exigirá um investimento inicial de 5 bilhões de dólares, disse o presidente do Panamá à Reuters, em um sinal de que o interesse do país asiático na América Latina está aumentando. O presidente Juan Carlos Varela disse que o Panamá está promovendo investimentos em infraestrutura no geral e também licitará uma terceira linha de metrô, com expectativa de que serão necessários 4 bilhões de dólares em investimentos. A China tem se envolvido mais na América Latina, com os Estados Unidos, sob o governo do presidente Donald Trump, adotando uma abordagem mais protecionista em relação ao comércio. "Estamos fazendo com a China um estudo de viabilidade de uma ferrovia de 450 quilômetros entre o Panamá e a fronteira com a Costa Rica", disse Varela, nos intervalo da Cúpula…
Após quase 20 anos de debates, o Supremo Tribunal Federal (STF) determinou que os terminais portuários públicos terão de pagar o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) referente às áreas da União que ocupam. A medida, de caráter definitivo, foi confirmada por unanimidade pelos ministros na sessão da última quinta-feira (12). A novidade foi comemorada pela Prefeitura de Santos, que prevê receber quase R$ 600 milhões apenas com os tributos atrasados e ter sua receita, ainda abalada pela crise econômica dos últimos anos, reforçada em cerca de R$ 13 milhões anuais a partir de agora. Em entrevista exclusiva a A Tribuna, o prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa, celebrou a decisão e anunciou que, a partir desta terça-feira (17), vai procurar entidades representantes dos terminais portuários para começar a negociar como esse passivo poderá ser quitado. “Foi uma importante vitória para a Cidade e um ganho estratégico para esta e…
Pagina 5 de 213