Portuguese Chinese (Simplified) English French German Italian Japanese Russian Spanish
Contrários à vinculação total nos terminais especializados em contêiner que operam no Porto de Santos (Brasil Terminal Portuário (BTP), Santos Brasil e Libra Terminais)-, trabalhadores ligados ao Sindicato dos Estivadores poderão deflagrar uma greve por tempo indeterminado, a partir das 7h do dia 1º de março. O anúncio foi feito pelo presidente da entidade laboral, Rodnei Oliveira da Silva, durante reunião conjunta realizada na manhã desta terça-feira na sede do Sindicato dos Empregados na Administração Portuária (Sindaport), que contou com a participação de diversos representantes sindicais portuários das várias categorias que atuam no complexo santista. "Vamos levar a proposta de greve para a assembleia que faremos na próxima terça-feira (26) considerando que não nos resta alternativa, sobretudo diante de uma cada vez mais flagrante intransigência dos empresários, que abruptamente interromperam o processo negocial e continuam se negando ao diálogo com a classe trabalhadora", disse o líder da categoria. Prevista para…
A Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp) descartou a empresa que ofereceu a melhor proposta, de R$ 2,6 milhões, para a elaboração do projeto básico das obras de um novo acesso à Margem Direita do Porto de Santos. Agora, a Autoridade Portuária avalia o preço apresentado por outra empresa, que é R$ 1 milhão mais alto. O empreendimento prevê a construção de uma segunda ligação rodoviária entre a Via Anchieta e a Avenida Engenheiro Augusto Barata, conhecida como o Retão da Alemoa, em Santos. Ainda haverá a remodelação de vias que dão acesso a terminais portuários e, ainda, a implantação de um viaduto de 360 metros de extensão. Ele passará por um terreno de 226,7 mil m² que pertencia à antiga Rede Ferroviária Federal S.A. (RFFSA). A Tribuna apurou que 10 empresas se interessaram em realizar o projeto básico da obra. A primeira colocada, Vento Sul Engenharia, cobrou…
O Porto do Itaqui foi o que mais exportou grãos em 2018 entre os portos do Arco Norte, atingindo a marca de 9,8 milhões de toneladas, o equivalente a cerca de 8% da produção do ano. O dado divulgado nesta semana pela Agência Nacional de Transporte Aquaviário (Antaq), associado às projeções de crescimento da safra de grãos em 2019, demonstra o potencial de expansão do porto público do Maranhão. “Nossa expectativa é superar o bom desempenho da movimentação registrada em 2018 e consolidar o Itaqui como melhor opção para escoar a produção de grãos do corredor centro-norte do país”, afirma o presidente do Itaqui, Ted Lago. A projeção é de que neste ano a produção de grãos supere a marca de 2018, chegando aos 234,1 milhões de toneladas, segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), o que representa um crescimento de 2,7% (dados divulgados na terça-feira, 12). De acordo com…
Desde a campanha eleitoral, temos nos deparado com as manifestações do núcleo econômico do governo atual sobre a necessidade de se realizar privatizações de diversas empresas estatais, dentre elas as Companhias Docas. De fato, o que temos presenciado ao longo dos anos, no Brasil, foi a prática usual do fisiologismo político-partidário no preenchimento dos cargos diretivos nas estatais brasileiras, sem o menor pudor! Creio que os reflexos de tal prática se confirmam com a constatação da ineficiência do Estado em determinados setores, notadamente no de Infraestrutura. No caso específico do setor portuário, deparamos ainda com a alteração do marco regulatório em 2013, que representou um significativo retrocesso para o setor portuário. Tal alteração, proposta pelo Poder Executivo, não foi sequer debatida apropriadamente com os setores envolvidos, além de ter tido uma tramitação extremamente célere. Voltamos a ter uma atividade altamente centralizada e regulamentada. Para uma atividade altamente dinâmica e importante,…
Confira aqui abaixo os contatos dos dirigentes do Comércio Exterior Brasileiro do novo Governo Bolsonaro, divulgados pelo SINDASP – Sindicato dos Despachantes Aduaneiros de São Paulo.  COMÉRCIO EXTERIOR – BRASÍLIA (DF)   MINISTÉRIO DA ECONOMIA  Ministro Paulo GuedesEndereço  - Ministério da Economia, Bloco P, Edifíciosede, 5º andar, Sala:(gabinete do ministro)CEP: 70048-900 Brasília, DF.E-mail : O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.@fazenda.gov.br Telefone: (61) 34122524 / 2515/ 2517  SECRETARIA ESPECIAL DE COMÉRCIO EXTERIOR E ASSUNTOS INTERNACIONAIS -Ministério da Economia  Secretário  Marcos TroyjoAdjunta: Yana Dumaresq - Endereço Esplanada dos Ministérios, Bloco J, 8º andar,Sala: 800 - CEP:  70053-900 Brasília, DF.E-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. (61) 2027- 7522 / 7041 / 7042  SECRETARIA ESPECIAL DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL Ministério da Economia  Secretário Marcos CintraAdjunto: João Paulo FachadaEndereço: Esplanada dos Ministérios, Bloco P, Edifício Sede, 7º andar, Sala: gabinete. CEP: 70048-900 Brasília, DF.E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. (61) 34122707 / 2710  SECRETARIA ESPECIAL DE FAZENDA - Ministério da Economia Secretário Waldery Rodrigues JuniorAdjunto: Esteves ColnagoEndereço: Esplanada dos Ministérios, Bloco P, Edifício Sede,…
Administrados pela Companhia Docas do Rio de Janeiro, os Portos do Rio de Janeiro, Itaguaí e Niterói obtiveram um crescimento expressivo na movimentação de cargas em 2018, fechando o ano com o recorde de 63,8 milhões de toneladas. O número representa um aumento de 7% em relação a 2017, quando foram movimentadas 59,6 milhões de toneladas. O acréscimo, em toneladas, de 22,6% da carga conteinerizada e de 5,5% dos granéis sólidos influenciou a evolução do total movimentado pela companhia. O trigo (aumento de 16%), o sal (114%), o gesso (56%), "roll-on/roll-of" (19%) e a carga conteinerizada (22,6%) foram os produtos com os acréscimos de maior destaque. O Porto do Rio de Janeiro registrou um crescimento expressivo de 12,1% na movimentação total, que atingiu a marca de 7.127.318 toneladas. Na carga conteinerizada, o destaque foi o aumento de 73% na importação de longo curso da Arrendatária Libra. No caso da Arrendatária…
O principal leilão de infraestrutura do governo Bolsonaro, a licitação da Ferrovia Norte-Sul, marcada para acontecer no próximo dia 28 de março, se baseia em um edital viciado, com condições que privilegiam a VLI, empresa de logística da mineradora Vale. A afirmação é do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas da União (TCU). “O edital dessa licitação, tal como está desenhada, favorece amplamente a empresa VLI e não acrescenta nada ao País”, afirmou ao Estado o procurador do MP, Júlio Marcelo de Oliveira, que ficou conhecido por sua atuação durante o processo que culminou nas chamadas “pedaladas fiscais” e levaram ao impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff. O Brasil não concede uma ferrovia à iniciativa privada há 12 anos. O leilão dos 1.537 km de extensão da estrada de ferro que corta o eixo central do Brasil, ligando Porto Nacional (TO) a Estrela D’Oeste (SP), é prioridade na agenda do…
A Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp) está analisando as propostas apresentadas para elaboração do projeto básico das obras do novo acesso rodoviário ao Porto de Santos. A obra vai ligar a Rodovia Anchieta à via perimetral, na altura da região do bairro Saboó. A concorrência pública foi lançada pela Codesp no dia 14 de dezembro do ano passado. E as propostas foram apresentadas em 21 de janeiro. O projeto básico precisa atender ao disposto no projeto funcional elaborado pela Codesp. As obras fazem parte de um conjunto de melhorias na entrada de Santos, executadas em uma parceria entre o Município, o Estado e o Governo Federal. A Diretoria de Engenharia da Companhia Docas avalia qual proposta melhor atende aos requisitos do edital de licitação. Entre as exigências, estão a apresentação de um cronograma físico-financeiro de elaboração dos trabalhos em 18 meses, sendo seis meses para serviços de…
Nesta quarta-feira (6), o Porto Central e o Porto de Pecém assinaram Protocolo de Intenções para cooperação mútua que visa impulsionar as relações entre os dois portos e criar novas oportunidades de negócios. A solenidade de assinatura do Protocolo de Intenções foi realizada no Plenário da Federação das Indústrias do Espírito Santo, em Vitória (ES). O Porto Central será um novo complexo industrial portuário de águas profundas localizado no sul Espírito Santo, no município de Presidente Kennedy. É um empreendimento 100% privado desenvolvido em conjunto pela TPK Logística S.A e o Porto de Roterdã e será um importante hub logístico para o mercado da Região Sudeste e Centro-Oeste do país. O porto se encontra em fase de desenvolvimento. Segundo os empreendedores, a tomada de investimento acontecerá em breve. O Porto de Pecém é considerado o principal empreendimento logístico do Ceará, com grande potencial de se transformar em um centro logístico…
Pagina 4 de 223