Portuguese Chinese (Simplified) English French German Italian Japanese Russian Spanish
Quinta-Feira, 15 de dezembro de 2011 Petrobrás Biocombustível e Guarani vão produzir etanol em Moçambique A Petrobrás Biocombustível e a Guarani, grupo sucroalcooleiro controlado pela Tereos Internacional, vão produzir etanol em Moçambique. As duas empresas assinaram ontem com a estatal Petróleos de Moçambique (Petromoc) um protocolo de intenções para produzir e comercializar etanol feito com melaço de cana. A Guarani e a Petrobrás Biocombustível já são sócias de uma usina em Moçambique, a Companhia de Sena, com moagem de 1,2 milhão de toneladas de cana por ano. A usina, contudo, produz apenas açúcar. O presidente da Guarani, Jacyr Costa Filho, explica que a destilaria de etanol será construída ao lado da usina já existente, aproveitando o melaço, atualmente vendido para produção de ração animal. Costa prevê que o protocolo de intenções será rapidamente transformado em parceria, em função da grande necessidade de combustíveis. 'Moçambique importa 100% do petróleo que consome,…
Fonte: NewsComex - Comércio Exterior e Logística Durante os próximos cinco meses, será realizada a dragagem de manutenção dos 16m de profundidade do trecho interno do canal de acesso ao Porto do Rio Grande. A draga Sanderus, com capacidade para 5.000 m³, entrou em operação esta semana. O serviço de dragagem é realizado através do Consórcio formado pelas empresas Odebrecht e Jan De Nul. A dragagem tem como objetivo manter o Porto do Rio Grande como um “Porto de águas profundas” e garantir a segurança da navegação. Para realizar a dragagem no trecho do canal interno (entre os Molhes da Barra e o píer petroleiro), o investimento é de R$ 43 milhões. Nos primeiros quatro meses, a dragagem será feita pela draga Sanderus, que tem produção mensal de 95.000 m³. O término da dragagem no mês de março será realizado pela draga James Cook (ou similar), que tem produção mensal…
Fonte: Agência Brasil O presidente da China, Hu Jintao, prometeu ampliar o número de importações realizadas pelos chineses, de modo a impulsionar o comércio global. O anúncio do líder chinês foi feito durante as celebrações do décimo aniversário da entrada da China na Organização Mundial do Comércio (OMC). De acordo com Hu Jintao, as importações feitas pela China poderão ultrapassar 8 trilhões de iuans (cerca de R$ 2,3 trilhões) nos próximos cinco anos. Segundo dados divulgados no último sábado (10), as exportações chinesas aumentaram 14%, ao passo que as importações subiram 22%.
Fonte: Agência da Câmara A Comissão de Viação e Transportes discute amanhã em audiência pública a necessidade de agilização aduaneira para o transporte rodoviário internacional de cargas. O requerimento para a realização da discussão é do deputado Jerônimo Goergen (PP-RS). O deputado acha importante a discussão porque, segundo ele, a falta de políticas públicas federais para esta área tem causado grandes gargalos e muito desperdício financeiro acumulado junto ao setor privado. Estas políticas, de acordo com Goergen, deveriam tratar dos procedimentos que envolvem a cadeia logística nacional de exportações e importações brasileiras no Mercosul. Foram convidados para a audiência: -o ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos; - o secretário da Receita Federal do Brasil, Carlos Alberto Barreto; -o diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Terrestres, Bernardo Figueiredo; e -o presidente da Associação Brasileira de Transportadores internacionais, José Carlos Becker. A reunião acontecerá às 14 horas na sala da presidência da Comissão…
Fonte: www.Folha.com LUCIANA COELHO DE WASHINGTON A Iata (Associação Internacional do Transporte Aéreo) cortou suas projeções para 2012 e revisou as deste ano, indicando pior performance na Europa ante a crise e, na América Latina, citando gargalos no Brasil. No pior cenário, a perda global em 2012 chegaria a US$ 8,3 bilhões (R$ 14,9 bilhões). Comunicado emitido ontem cita o Brasil como "exemplo do que pode dar errado" pelo plano de privatizar aeroportos e incluir a Infraero como sócia. "É como colocar a raposa cuidando do galinheiro", diz o presidente da entidade, Tony Tyler. A Iata está "trabalhando duro com autoridades brasileiras para evitar tal erro", acrescentou ele. TCU altera edital e eleva valor mínimo para concessão de aeroportos Delta mira mercado brasileiro e terá participação na Gol A Iata tem dois cenários para 2012. No melhor, espera lucrar US$ 3,5 bilhões --metade do ganho neste ano e 27% menos…
Fonte: Agência da Câmara A Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável realizará audiência pública sobre a implantação de terminal portuário na área do Encontro das Águas (confluência entre os rios Negro e Solimões), em Manaus (AM). O debate foi proposto pelo deputado Sarney Filho (PV-MA). De acordo com ele, o Terminal Portuário das Lajes foi projetado para operacionalizar contêineres, com capacidade para receber, simultaneamente, dois navios de grande porte. Ele afirma que a proposta é fazer o escoamento de parte da produção do Distrito Industrial de Manaus, para as regiões Sudeste, Sul e Nordeste. "O processo de licenciamento ambiental, que hoje é conduzido pelo Instituto de Proteção Ambiental do Estado do Amazonas (Ipaam), apesar do empreendimento estar localizado em um rio federal, é criticado por ambientalistas e tem sido alvo de várias ações, tanto por parte do Ministério Público Federal como Estadual", informa o deputado. Sarney Filho afirma que o…
Fonte: Folha de S.Paulo Os entraves colocados pela Argentina para a entrada de produtos estrangeiros no país ajudou a derrubar em 22% o volume das exportações de sapatos brasileiros entre janeiro e novembro deste ano, ante mesmo período de 2010, segundo a Abicalçados (associação do setor). Na semana passada, quando a presidente Cristina Kirchner disse a empresários para não importarem "nem um prego", apenas 30,1 mil pares brasileiros foram liberados para entrar no país. Aguardam licença outros 2,8 milhões, que somam US$ 27,8 milhões, conforme publicado na edição de hoje do jornal Folha de S. Paulo.
Fonte: NewsComex - Comércio Exterior e Logística Mesmo com frequentes paralisações por problemas ambientais, trabalhistas e desapropriações, a obra da Ferrovia Transnordestina tem avançado no trecho que insere o Estado do Ceará. Orçada inicialmente em R$ 4,5 bilhões, esse orçamento deverá passar por uma reavaliação do Ministério dos Transportes, e chegar a R$ 6,7 bilhões. A ferrovia que ligará os Portos de Pecém, no Ceará e Suape, no Estado do Pernambuco, ao sertão do Piauí, terá 1.728km de extensão. No estado cearense são cerca de 500km que estão sendo construídos, mas até o momento passa pela fase de finalização o trecho do marco zero, com 96km de extensão, entre Missão Velha, na região do Cariri, e em Salgueiro, em Pernambuco. Desse trecho, 81km estão no Ceará. Segundo funcionários da obra, o trecho está praticamente concluído, e em algumas áreas, eles fazem manutenção, para que a vegetação não tome a ferrovia.…
Segunda, 05 Dezembro 2011 10:25

Hamburg Süd completa 140 anos

Por
Fonte: NewsComex - Comércio Exterior e Logística Brasil é um dos principais mercados para a empresa, com uma participação de quase 25% nos negócios No último dia 4 de novembro, a Hamburg Süd completou 140 anos de atividades. Desde sua fundação, em 1871, a empresa sempre acreditou na potencialidade do Brasil, onde começou os negócios escalando seus navios no Rio de Janeiro e em Santos. Inicialmente, a principal atividade da empresa era o transporte de imigrantes da Europa para o Brasil. Após um curto período de tempo desde a fundação, a companhia passou a atuar também com carga. A posição no Brasil foi fortalecida, em 1998, quando o Grupo Oetker (dona da Hamburg Süd) adquiriu a Aliança Navegação e Logística, fundada, em 1950. Hoje, a Aliança se posiciona entre as principais empresas de transporte da América do Sul, especialmente na Cabotagem brasileira. A potencialidade dos negócios na região tem crescido…
Pagina 223 de 225