Portuguese Chinese (Simplified) English French German Italian Japanese Russian Spanish
Sexta, 16 Dezembro 2011 15:29

CSI e TGW formam joint venture

Por
Empresas unem serviços para oferecer soluções logísticas integradas na América do Sul O Grupo CSI firmou uma parceria, no dia 30 de novembro, com a empresa austríaca TGW para a constituição de uma joint venture com o objetivo de oferecer soluções para movimentação e armazenagem de materiais para o mercado sul-americano. O acordo entre as duas companhias prevê a aquisição de 50% das quotas da CSI por parte da TGW e a transferência de tecnologia da empresa austríaca para a CSI, que fabricará os produtos da companhia no Brasil em uma nova sede ainda em processo de definição. A TGW-CSI Indústria e Comércio de Equipamentos Industriais, nome da nova empresa, prevê um faturamento de cerca de R$ 100 milhões até 2016. Formado por três empresas – Conveyors & Solutions Integrated, Service & Maintenance e Logistics – o Grupo CSI é especializado em sistemas e soluções para movimentação automatizada, operações logísticas…
A Capitania dos Portos de Pernambuco inicia hoje a Operação Verão 2011/2012. Até o dia 15 de março, cento e vinte militares estarão atentos ao aumento do número de banhistas e embarcações por conta do verão. Em foco estarão a segurança da navegação e da vida humana no mar. Para isso, as ações de inspeção vão verificar itens como habilitação dos condutores; documentação das embarcações; material de salvatagem como coletes e boias salva-vidas; extintores de incêndio; luzes de navegação; lotação; e estado das embarcações. Durante a operação em Pernambuco, as ações de fiscalização serão intensificadas pela Capitania dos Portos em toda sua área de jurisdição, incluindo o Arquipélago de Fernando de Noronha. Ao todo estão escalados 120 militares com apoio de dez embarcações, incluindo lancha, jet ski e botes infláveis. Na última operação, foram inspecionadas 1.985 embarcações, sendo 226 notificadas e 10 apreendidas, sendo registrados quatro acidentes.  Fonte: http://www.pernambuco.com
Mais de 50 países colocam pressão sobre o que classificam como "comportamento protecionista" do Brasil, além de declararem um congelamento de suas tarifas de importação. Ontem um grupo liderado por Estados Unidos, Austrália e Canadá assumiu o compromisso de não elevar tarifas, como forma de tentar evitar que a recessão ganhe novas proporções. Mas a promessa se transformou em um ato de protesto contra o comportamento do Brasil e outros emergentes em elevar tarifas e aplicar políticas protecionistas. Para o governo da Austrália, a proliferação de medidas "vai certamente afetar o crescimento mundial em 2012". Enquanto os principais mercados emergentes e países ricos continuam se enfrentando na OMC, coube ao diretor da entidade, Pascal Lamy, deixar claro que essas diferenças de posição e essas disputas colocaram o próprio sistema multilateral do comércio hoje em uma "encruzilhada". As informações são do jornal O Estado de S.Paulo. Fonte: O Estado de S.Paulo
Capital privado investe 18,5 vezes mais que a União no setor ferroviárioEntre 1997 e 2010, as concessionárias privadas investiram R$ 24 bilhões no setor ferroviário, 18,5 vezes a mais do que o valor aplicado pela União - R$ 1,3 bilhão. Os dados são da Pesquisa CNT de Ferrovias 2011, divulgada ontem na sede da Confederação Nacional do Transporte (CNT), em Brasília. De 2009 para 2010, o investimento das concessionárias cresceu 17,7%, e o realizado pelo governo federal apresentou queda de 8,6%. Segundo o levantamento, as concessionárias investiram em melhoria das vias, aumento da segurança, aquisição de locomotivas e vagões, além da recuperação da frota sucateada - herdada do processo de concessão, ocorrido entre 1996 e 1998. O estudo aponta que a malha ferroviária brasileira carece de investimentos da ordem de R$ 151 bilhões para se modernizar. Fonte: Diário do Comércio e Indústria
A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor - Semanal (IPC-S) acelerou na segunda semana de dezembro. É o que informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV), ao anunciar avanço de 0,72% para o indicador de até 15 de dezembro, acima do IPC-S imediatamente anterior, de até 7 de dezembro ( 0,63%). Esta foi a maior taxa para o indicador desde a primeira semana de setembro de 2011 (0,74%). Nesta apuração, cinco das sete classes de despesa componentes do índice apresentaram acréscimos em suas taxas de variação de preços, entre a primeira e a segunda quadrissemana de dezembro. As acelerações nos preços de Alimentação (de 0,94% para 1,27%) e Transportes (de 0,20% para 0,43%) foram determinantes para a taxa maior do IPC-S, que saltou de 0,63% para 0,72% entre a primeira e a segunda quadrissemana de dezembro. Em cada uma destas classes de despesa, houve taxas de inflação mais intensas…
A Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco), o governo federal e os governos do Distrito Federal e Goiás assinaram nesta quinta-feira (15) convênio para desenvolvimento de estudo necessário à utilização de linha férrea entre Luziânia (GO) e o Distrito Federal para transporte de passageiros. O projeto “O Futuro Pede Passagem” prevê a utilização de 76 quilômetros de linha férrea que ligam Luziânia (GO) a Brasília e hoje é explorada apenas para transporte de carga, para condução de passageiros no Veículo Leve sobre Trilhos (VLT). Alcançado uma velocidade de até 100km/h, o sistema poderá desafogar a BR-040. De acordo com o superintendente Marcelo Dourado, a previsão é que o transporte de passageiros ocorra em 2013, atenda a 500 mil pessoas que moram no Entorno Sul. O investimento em infraestrutura deve ser da ordem de R$ 80 milhões. “Os cálculos dos técnicos do Ministério dos Transportes, já que já existe a linha…
Data do leilão de três dos principais aeroportos brasileiros é definida O leilão dos aeroportos de Brasília, Viracopos e Guarulhos será dia 6 de fevereiro. A expectativa é arrecadar R$ 5 bilhões. Já tem data o leilão dos aeroportos de Brasília, Viracopos e Guarulhos: dia 6 de fevereiro. A expectativa é arrecadar R$ 5 bilhões. Enquanto os investimentos não vêm, o passageiro que se prepare. O fim de ano promete ser movimentado, e muito. Só no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, serão oito mil passageiros a mais por dia. Atualmente, os problemas já começam assim que o passageiro passa a cancela de estacionamento. No Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, chegam e partem voos para 30 países e 152 cidades do Brasil e do exterior. Passam pelo aeroporto 80 mil passageiros por dia. É mais do que a população de 5,2 mil brasileiras. Mas, quem usa o…
15 de dezembro de 2011 Tatuí será o local da nova fábrica da Noma Fabricante de carretas paranaense investirá R$ 75 milhões na unidade A Noma Brasil, fabricante paranaense de carretas, assinou ontem, 14 de dezembro, a assinatura de um documento de aquisição de um terreno de 13 alqueires na cidade de Tatuí (SP). O local abrigará a segunda fábrica empresa e receberá um investimento na ordem de R$ 75 milhões, gerando cerca de 450 empregos diretos. O anúncio oficial e a assinatura do documento foram feitos na Prefeitura Municipal de Tatuí.O objetivo da empresa com a nova fábrica é dobrar sua capacidade de produção, que hoje é de 650 unidades por mês. A estrutura será concebida no início de 2012, com inauguração prevista para meados de 2013. Segundo o presidente da Noma do Brasil, Marcos Noma, a aquisição do terreno é um fato histórico para a empresa que pretende…
Quinta-Feira, 15 de dezembro de 2011 Petrobrás Biocombustível e Guarani vão produzir etanol em Moçambique A Petrobrás Biocombustível e a Guarani, grupo sucroalcooleiro controlado pela Tereos Internacional, vão produzir etanol em Moçambique. As duas empresas assinaram ontem com a estatal Petróleos de Moçambique (Petromoc) um protocolo de intenções para produzir e comercializar etanol feito com melaço de cana. A Guarani e a Petrobrás Biocombustível já são sócias de uma usina em Moçambique, a Companhia de Sena, com moagem de 1,2 milhão de toneladas de cana por ano. A usina, contudo, produz apenas açúcar. O presidente da Guarani, Jacyr Costa Filho, explica que a destilaria de etanol será construída ao lado da usina já existente, aproveitando o melaço, atualmente vendido para produção de ração animal. Costa prevê que o protocolo de intenções será rapidamente transformado em parceria, em função da grande necessidade de combustíveis. 'Moçambique importa 100% do petróleo que consome,…
Pagina 215 de 218