Portuguese Chinese (Simplified) English French German Italian Japanese Russian Spanish
O aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo, teve atrasos em metade dos voos programados até as 15h desta quinta-feira. O motivo foi uma paralisação de funcionários da TAM pela manhã. Segundo balanço da Infraero (estatal que administra o aeroporto), 66 voos atrasaram mais de 30 minutos desde as 6h, o que representa 48% dos 138 voos programados. Outros 23 voos foram cancelados. Segundo a TAM, parte dos funcionários do setor de rampa, responsáveis pelo manuseio de cargas e bagagens e pelos equipamentos de solo que atendem as aeronaves, ficaram de braços cruzados pela manhã. Sindicalistas fazem manifestação no saguão do aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo A paralisação provocou o cancelamento de diversos voos da companhia e causou efeito cascata em outras empresas, como a Gol. Com as aeronaves paradas no aeroporto, não havia espaço para outras operarem. A Gol afirma que seus funcionários não…
O governo do Rio de Janeiro negocia a desapropriação de 4 milhões de metros quadrados, ao lado do aeroporto internacional de Cabo Frio e perto do porto de Arraial do Cabo, para montar um distrito industrial de logística do petróleo, de acordo com publicado na edição de hoje do jornal Folha de S. Paulo. Fonte: Folha de S.Paulo / newscomex.com.br
O Ministério da Agricultura (Mapa) informou ontem que está mantido o embargo da Rússia a 26 frigoríficos de aves, ao contrário do que dizia uma circular emitida pela pasta na última sexta-feira e que chegou ao conhecimento do setor produtivo. O coordenador geral de programas especiais do Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Dipoa), do Mapa, Vantuil Carneiro Sobrinho, admitiu que o texto estava errado ao informar a revogação da suspensão quando na verdade pretendia informar a manutenção do embargo. De acordo com ele, o documento foi preparado para informar as superintendências federais dos estados de quais unidades seguem proibidas de vender carnes para a Rússia. Fonte: Diário do Coércio e Indústria / aduaneiras.com.br
Os empréstimos para financiamento de comércio exterior bateram recorde histórico este ano no Banco do Brasil. No acumulado de 2011 até o dia 15 de dezembro, as operações em Adiantamentos sobre Contrato de Câmbio (ACC) e sobre Cambiais Entregues (ACE) alcançaram US$ 17 bilhões, as maiores da história do banco público. O recorde histórico anual havia sido registrado em 2007, quando foram liberados US$ 15,09 bilhões. A previsão é que até o encerramento do mês o volume dessas linhas chegue a US$ 17,6 bilhões. O total contratado em ACC e ACE de janeiro a novembro de 2011 teve alta de 42% na comparação com igual período do ano passado. O desempenho também é superior ao das exportações brasileiras, que cresceram 29,2% neste mesmo intervalo em relação a 2010. Fonte: G1.com
O Brasil pretende elevar o mais rápido possível o Imposto de Importação para até 100 produtos de fora do Mercosul, por meio do mecanismo aprovado anteontem pelos países do bloco. Já no início de janeiro, o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior vai iniciar a definição das regras para requerimento das empresas e escolha dos produtos. Para a presidente Dilma Rousseff, a medida aprovada pelo grupo foi "corajosa" e vai impedir a competição comercial "pouco leal". O protocolo assinado pelos presidentes do Mercosul prevê que as regras terão de ser incorporadas à legislação de cada país em um prazo de 60 dias. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo. Fonte: O Estado de S.Paulo - aduaneiras.com.br
A Marfrig Alimentos e a JSL (Julio Simões Logística) anunciam acordo pelo qual o frigorífico irá transferir à transportadora a gestão das operações logísticas, ou seja, transporte e armazenagem dos seus produtos no Brasil. A transação envolve também venda à JSL de ativos da Marfrig próprios para a operação de produtos refrigerados, por R$ 150 milhões. A JSL prestará por um período de dez anos serviços de gestão administrativa, logística, de transportes e operação de armazéns e frete para a Marfrig no território Brasileiro. Também está prevista prestação de serviços de recebimento, armazenagem, movimentação, distribuição e expedição de bens e produtos nos centros de distribuição. O contrato definitivo está sujeito ao resultado da negociação entre as partes - até 30 de janeiro de 2012 - e obtenção das respectivas autorizações societárias. Ambas acordaram que os atuais contratos deverão ser mantidos e respeitados. A expectativa da JSL é "expandir seus serviços…
O Porto de Santos ampliará sua infraestrutura para o embarque e o desembarque de veículos e cargas ro-ro no próximo ano, com a instalação de seu segundo terminal especializado nesse tipo de operação. A medida foi anunciada na manhã desta terça pelo presidente da Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), José Roberto Correia Serra, em entrevista exclusiva a A Tribuna. As cargas ro-ro (ou roll-on roll-off) são aquelas levadas para dentro dos navios ou retirada deles sobre "pneus" (carretas), através de pontes instaladas na lateral ou na popa (parte de trás) dos cargueiros. É por essas pontes que também ocorrem o carregamento ou o descarregamento de veículos. O novo terminal será implantado na região de Prainha, na Margem Esquerda do Porto (Guarujá). A unidade terá uma área de 200 mil metros quadrados e 550 metros de cais acostável. Ela fica ao lado da primeira instalação do complexo especializada…
Obras de duplicação dessa estrada já duram uma década. 'O Contorno estará duplicado e sinalizado em abril', afirma superintendente. As obras de duplicação do trecho da BR-101 conhecido como Rodovia do Contorno, na Grande Vitória, vão terminar em abril de 2012, segundo Halpher Luiggi, superintendente do Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes (Dnit), no Espírito Santo. As obras de duplicação dessa estrada já duram uma década e a população capixaba reclama do atraso e dos constantes acidentes na região. De acordo com Luiggi, o contrato vence no dia 25 de abril de 2012 e a expectativa é que até este mês, se a obra não for completamente concluída, pelo menos parte da rodovia esteja aberta ao tráfego. "O Contorno estará duplicado e sinalizado em abril. Talvez a ciclovia não esteja pronta, mas a parte dos viadutos eu acredito que esteja concluída", afirma. Halpher Luiggi explica que as obras demoram pois…
A participação da iniciativa privada no setor de aeroportos deve se limitar ao regime de concessões, modelo previsto para Guarulhos, Brasília e Campinas. O governo está deixando de lado a redação de um decreto com regras para o regime de autorização privada de aeroportos, conforme publicado na edição de hoje do jornal Folha de S. Paulo. Fonte: Folha de S.Paulo - aduaneiras.com.br
Pagina 210 de 214